Andréa Hygino — Gravadas no corpo

27.03.2024—21.04.2024
Bananal Arte e Cultura Contemporânea, São Paulo

Celeida Tostes — Vênus Ancestral

23.03.2024—18.05.2024
Celeida Tostes — Vênus Ancestral

Andréa Hygino — Esqueleto: Algo de concreto

15.03.2024—09.05.2024
Galeria Candido Portinari e Gustavo Schnoor, Campus Maracanã da UERJ, Rio de Janeiro

Andréa Hygino — Expo Diversos

10.03.2024—14.04.2024
Unibes Cultural, São Paulo

Gê Viana — FUNK: Um grito de ousadia e liberdade

29.09.2023—30.08.2024
Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro

Celeida Tostes — Ana Mendieta: Silhueta em Fogo e terra abrecaminhos

19.09.2023—21.01.2024
Sesc Pompeia, São Paulo

Gê Viana — Prêmio FOCO

19.09.2023—21.01.2024
ArtRio 2023, Rio de Janeiro

Andréa Hygino — REFUNDAÇÃO

02.09.2023—28.01.2024
Galeria Reocupa — Ocupação 9 de Julho, São Paulo

Hermelindo Fiaminghi — Representação do Estate

02.09.2023—28.01.2024
Conheça a página do artista

Gê Viana — Bienal das Amazônias

04.08.2023—05.11.2024
Belém, Pará

Gê Viana — Dos Brasis: Arte e pensamento negro

01.08.2023—28.01.2024
Sesc Belenzinho, São Paulo

Marina Camargo — A Certa Sombra

01.07.2023—23.09.2023
Instituto Ling, Porto Alegre

Renata De Bonis — Touch

08.06.2023—06.09.2023
L21 Gallery, Palma

Renata De Bonis — Touch

08.06.2023—06.09.2023
Belém, Para

Vera Chaves Barcellos — O estranho desaparecimento de Vera Chaves Barcellos

06.05.2023—30.07.2023
Instituto Iberê Camargo, Porto Alegre

Anna Costa e Silva — Tamagotchi_balé

06.05.2023—03.06.2023
Centro Cultural Hélio Oiticica, Rio de Janeiro

Vera Chaves Barcellos — Chão da praça: obras do acervo da Pinacoteca

04.03.2023—30.07.2023
Pinacoteca Contemporânea, São Paulo

Lotus Lobo — Fabricação Própria

17.02.2023—18.06.2023
Sesc Ribeirão Preto, São Paulo

Anna Costa e Silva — ARTE PELA VIDA DAS MULHERES

07.12.2022—31.12.2022
Paço Imperial, Rio de Janeiro

Anna Costa e Silva — Encruzilhada Blockchain

10.11.2022—20.11.2022
Museu da Imagem e do Som, São Paulo

Gê Viana — Atos de revolta: outros imaginários sobre independência

17.09.2022—26.02.2023
Museu de Arte Moderna [MAM], Rio de Janeiro

Anna Costa e Silva — 13ª Bienal do Mercosul

15.09.2022—20.11.2022
Casa de Cultura Mario Quintana, Porto Alegre

Gê Viana — Necrobrasiliana

15.09.2022—29.01.2023
Galeria Vicente do Rêgo Monteiro da Fundação Joaquim Nabuco, Recife

Renata De Bonis — The time and Place that We Part

08.09.2022—01.10.2023
LAMB Gallery, Londres

Neide Sá — Horizontes Moventes

30.08.2022—23.10.2022
M.A.P.A, Teresina

Gê Viana — Histórias Brasileiras

25.08.2022—30.10.2022
MASP, São Paulo

Gê Viana — Masanganu

19.08.2022—19.06.2023
Engenho Massangana, Pernambuco

Celeida Tostes — 37º Panorama da Arte Brasileira: Sob as cinzas, brasa

23.07.2022—15.01.2023
Museu de Arte Moderna, São Paulo

Marina Camargo — 37º Panorama da Arte Brasileira: Sob as cinzas, brasa

23.07.2022—15.01.2023
Museu de Arte Moderna, São Paulo

Renata De Bonis — Eating vegan sandwiches in the train while listening to country music

08.07.2022—29.09.2022
L21 Lab, Palma de Mallorca

Yasmin Guimarães — O céu, um cinema

07.07.2022—30.08.2022
Quadra, Rio de Janeiro

Gê Viana — Necrobrasiliana

09.06.2022—28.08.2022
Museu Paranaense, Curitiba

Andréa Hygino — 19º Salão Nacional de Arte de Jataí

24.05.2022—30.07.2022
Museu de Arte Contemporânea, Jataí

Aquisição institucional — Pinacoteca de São Paulo

14.05.2022—12.09.2022
Vera Chaves Barcellos

Artur Chaves — The Silence of Tired Tongues

20.04.2022—21.08.2022
Framer Framed, Amsterdam

Gê Viana — Vários 22

19.03.2022—21.05.2022
Arte 132, São Paulo

Andréa Hygino — CADEIRAÇO (Barricada)

25.02.2022—31.03.2022
Wits Art Museum, Johanesburgo

Renata De Bonis — Identidades 22 & 22 & 22

22.02.2022—22.05.2022
Farol Santander, São Paulo

Wlademir Dias-Pino — Raio-que-o-parta: ficções do moderno no Brasil

16.02.2022—07.08.2022
Sesc 24 de Maio, São Paulo

Andréa Hygino — Saravá

02.02.2022—26.03.2022
Anita Schwartz Galeria de Arte, Rio de Janeiro

Andréa Hygino — Suburbanidades: O lugar da periferia na arte contemporânea

16.12.2021—12.02.2022
Museu de Arte Contemporânea (MAC) Niterói, Rio de Janeiro

Gê Viana — Brasilidade Pós-Modernismo

15.12.2021—07.03.2022
Centro Cultural Banco do Brasil, São Paulo

Andréa Hygino — I Love South America South America Loves Me

01.12.2021—18.03.2022
Belmacz, Londres

Neide Sá — Biblioteca Floresta

18.11.2021—27.02.2022
Sesc Belenzinho, São Paulo

Anna Costa e Silva — Só é possível se formos 2

23.10.2021—20.11.2021
Consulado Geral de Portugal, São Paulo

No dia 23 de outubro foi inaugurada na Sala Fernando Pessoa do Consulado Geral de Portugal em São Paulo a exposição Só é possível se formos 2. A mostra promove um encontro entre a brasileira Anna Costa e Silva e a portuguesa Fernanda Fragateiro, artistas de gerações, práticas e trajetórias distintas, que coincidem no desejo de pensar além dos limites individuais.

Em um momento no qual a defesa do coletivo e de um tempo desacelerado são ainda a exceção, esta experiência testa as possibilidades de estar e construir junto, de aprender e desaprender a 2, com todas as dificuldades que isso implica. As obras produzidas especialmente para este projeto, foram concebidas em diálogo com a arquitetura, os jardins e a condição do Consulado Geral de Portugal em São Paulo — espaço que simboliza a complexidade da relação de mais de cinco séculos entre os dois países. São trabalhos que sugerem uma vivência pausada desse lugar e, idealmente, em par.

Anna Costa e Silva cria com suas obras um lugar de coexistência essencialmente imaterial e convoca a participação do espectador, que traz consigo não só sua história particular, mas, também, nossa história coletiva e compartida. Em sua prática, a artista carioca promove encontros entre pessoas de distintas idades, contextos e realidades. Tais encontros acabam por disparar sentimentos e sensações de intimidade e estranheza, ao mesmo tempo que esticam e transbordam os limites entre realidade e ficção, eu e o outro, experiência e memória. Na Sala Fernando Pessoa, Anna apresentará uma instalação celestial em duas partes que homenageia a artista Flora Diegues, sua amiga e colaboradora, que faleceu de maneira prematura em 2019. A primeira parte da peça consiste em uma videoinstalação que sobrepõe em lados opostos de uma tela translúcida imagens das “horas mágicas” do dia, do nascer do sol e do pôr do sol, captadas de dentro de um avião sobrevoando o Oceano Atlântico — o mesmo mar que separa e conecta Brasil e Portugal —, criando um sobreposição de dois tempos e espaços, ou uma tentativa de dobrar o tempo.

A segunda parte da instalação ocupa cantos opostos da mesma sala. Em um deles, é possível escutar o áudio da leitura de uma carta escrita pela Flora para a Anna, em 2016. No outro canto, está o som da leitura da resposta escrita pela Anna para a Flora, em 2020, e nunca enviada. Em outra peça da artista, a deriva Eu, que estou à espera, performers conduzem os visitantes por experiências de suspensão e intimidade, transbordando o espaço expositivo para as ruas da cidade. Esse jogo se inicia com uma série de bilhetes, como mensagens na garrafa, deixados em lugares inusitados do espaço expositivo, com indicações para um encontro com um (possível) desconhecido. O trabalho acontece nesse encontro-deriva. As ruas da cidade tornam-se cenários para narrativas autobiográficas, que dissolvem a hierarquia entre performer e espectador e criam um campo de conexão e estranhamento.

Lotus Lobo — Fabricação Própria

14.10.2021—30.01.2022
Sesc Pompeia, São Paulo

Sob a curadoria de Marcelo Drummond, a mostra Fabricação Própria traz ao galpão Sesc Pompeia a abrangente e diversa produção artística empreendida por Lotus Lobo. Com obras históricas e inéditas, produzidas em diferentes suportes, materiais e novas formas de edição e impressão, a exposição compreende os 60 anos de produção da artista, que engloba seu acervo, bem como as formas de pensar a política das imagens no mundo contemporâneo.

O recorte curatorial de Fabricação Própria destaca a experiência de Lotus em relação ao seu acervo e tem como objetivo dar visibilidade e acesso à produção da artista, demonstrando sua relação com a arte e seu histórico de atuação desde a década de 1960 até suas produções atuais.

Nascida em Belo Horizonte, Lotus entrou em contato, a partir de 1969, com a produção de embalagens em folha de flandres da Estamparia Juiz de Fora (MG), onde coletou matrizes das primeiras décadas do século XX, e, a partir daí, por meio da apropriação e manipulação de imagens, produziu obras que desvelam o caráter criativo dos ambientes fabris, convidando o público a também experimentar novas possibilidades de leitura.

A reunião e o deslocamento desses objetos são formas de dar visibilidade a sua composição, evidenciando autorias, especificidades regionais e temporalidades. É justamente a partir de uma proposta de interrupção e inversão do ciclo de vida habitual de tais itens que se constitui o trabalho artístico e de pesquisa de Lotus Lobo. A exposição reúne, pela primeira vez, a quase totalidade do conjunto de Maculaturas, chapas de acertos de impressão da Estamparia Juiz de Fora (MG), por Lotus apropriadas como obras a partir de 1970, dessa vez montadas na forma de um grande plano suspenso no espaço expositivo. Trabalhos importantes da artista são revisitados, como o caso de Água Limpa, obra inédita que retoma os lito-objetos premiados em 1969 na X Bienal de São Paulo. Outra remissão importante se trata da também inédita Albor, em que rememora obra marcante do ano de 1970: uma bobina de papel presa na parede de onde os espectadores podiam destacar e levar para casa fragmentos litografados.

Fabricação Própria fica em cartaz no Sesc Pompeia até 30 de janeiro de 2022 e pode ser visitada mediante agendamento através do site sescsp.org.br/pompeia ou do aplicativo Credencial Sesc SP.

E.M. de Melo e Castro — Poesia Experimental Portuguesa

18.09.2021—14.11.2021
Centro Cultural São Paulo, São Paulo

As obras Duplicado / Anulado (1966) e Amor Lume (1967), de E.M. de Melo e Castro, integraram a exposição coletiva Poesia Experimental Portuguesa, com curadoria de Bruna Callegari e Omar Khouri. A mostra abriu no dia 18 de setembro, no Centro Cultural São Paulo.

Débora Bolsoni — Janelas Para Dentro

28.08.2021—10.10.2021
Casa Millan, São Paulo

A obra Topos (2013), de Débora Bolsoni, participa da coletiva Janelas para Dentro, organizada pela galerias Central e Leme. Com curadoria de Guilherme Wisnik, a mostra ocupa uma casa residencial projetada por Paulo Mendes da Rocha nos anos 1970. É necessário agendamento prévio para visitação.

Gê Viana — FRESTAS Trienal de Artes 2020/21 – O rio é uma serpente

28.08.2021—30.01.2022
Sesc Sorocaba, São Paulo

Yasmin Guimarães – Esperança

27.06.2021—28.08.2021
Museu de Arte Sacra, São Paulo

Abriu ontem (27) a exposição Esperança no Museu de Arte Sacra de São Paulo, que conta com obras de Yasmin Guimarães. Sob curadoria de Simon Watson, a mostra coletiva apresenta trabalhos de 12 artistas contemporâneos, e pode ser visitada até o dia 22/08.

Anna Costa e Silva – Metamorfose: Sublimação e Transmutação

26.06.2021—14.08.2021
Simões de Assis, São Paulo
Anna Costa e Silva integra Metamorfose: Sublimação e Transmutação, que conta com a curadoria de Marc Pottier. A exposição abriu dia 26 de junho na Simões de Assis, São Paulo, e fica em cartaz até o dia 14/08.

Poema/Processo – Redes, Colaboração e Resistência em/entre Portugal e Brasil, 1962–1982

26.06.2021—05.08.2021
Galeria Avenida da Índia, Lisboa
Está em cartaz na Galeria Avenida da Índia, Lisboa, a mostra Redes, Colaboração e Resistência em/entre Portugal e Brasil, 1962–1982, que reúne itens associados a grupos ou movimentos como Poema/Processo, Noigandres, Poesia Experimental e Arte Postal, do Arquivo Fernando Aguiar e da Coleção Moraes-Barbosa.

Aquisição institucional — Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía

16.06.2021
Álvaro de Sá, Angelo de Aquino, Grupo Poema/Processo, Márcio Sampaio, Moacy Cirne, Neide Sá, Pietrina Checcacci, Sonia Andrade e Vera Chaves Barcellos

A Galeria Superfície tem o prazer de anunciar a aquisição de obras de nossos artistas que agora integram a coleção permanente do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía.

Estreitando a parceira da Superfície com a instituição, obras históricas como Identidade do Artista de Angelo de Aquino, poema-objetos de Neide Sá, Álvaro de Sá, Márcio Sampaio e Moacy Cirne, estandarte de Pietrina Checcacci, bem como trabalhos do Grupo Poema/Processo, Sonia Andrade e Vera Chaves Barcellos, compõem a mostra de longa permanência que abriu no dia 16 de junho de 2021. Além das aquisições, incluem-se também doações de obras do arquivo pessoal de Gustavo Nóbrega.

A exposição se debruça sobre a produção artística latinoamericana entre 1964 e 1987 e sua relação com a Espanha. As transformações políticas da época e o surgimento de novas práticas artísticas, como a Arte Postal, favoreceram uma série de trocas significativas para o futuro da arte contemporânea.

Pollyana Quintella entrevista Vera Chaves Barcellos

25.05.2021—25.05.2021
Revista Zum
Para a Revista Zum, Pollyana Quintella conversou com Vera Chaves Barcellos a respeito de questões e procedimentos significativos em sua obra, como a relação crítica com o espectador, o desafio à percepção e duração das imagens, os recursos de profanação da fotografia, seu processo de trabalho e no que está dedicada no momento presente. 

Anna Costa e Silva e Débora Bolsoni – Parede Gentil 37

18.05.2021—30.07.2021
A Gentil Carioca, Rio de Janeiro
Anna Costa e Silva e Débora Bolsoni integram a Parede Gentil 37: Arte, Substantivo Feminino, instalação na parede externa da A Gentil Carioca. Com curadoria de Gabriela Davies, Maíra Marques e Paula Borghi, a instalação reúne obras de 23 artistas mulheres de distintas gerações, classes sociais e naturalidades, mobilizadas para dar visibilidade e arrecadar recursos para o projeto Milhas pela Vida das Mulheres — iniciativa que apoia o acesso ao aborto legal e seguro para as mulheres brasileiras.

Transe 02

10.03.2021—10.03.2021
Está no ar a segunda edição de Transe, plataforma digital de divulgação abrigada no site da Fortes D'Aloia & Gabriel. Transe é um campo aberto de troca e exposição, uma iniciativa que propõe união na experiência comum ao mesmo tempo que reafirma a crença na multiplicidade de modelos e linguagens. O Viewing Room de Lotus Lobo, página da Galeria Superfície que integrou a primeira edição de Transe, ainda pode ser acessada em: transe.art.br

Guga Szabzon – An(Other) Storyteller

08.03.2021—07.05.2021
Periferia Projects
Guga Szabzon integra An(Other) Storyteller, exposição virtual que faz parte do projeto Female Voices of Latin America x Vortic. Com curadoria de Lassla Esquivel e Beatriz Forti, a mostra reflete sobre a noção de histórias isoladas como visões incompletas do mundo.

Amilcar de Castro: Na Dobra do Mundo

11.02.2021—23.05.2021
MuBE, São Paulo
Cerca de 120 obras do artista plástico neoconcretista e designer gráfico Amilcar de Castro passam a compor as instalações internas e externas do MuBE. A exposição, que conta com a curadoria de Guilherme Wisnik e Rodrigo de Castro, é uma homenagem ao centenário do multifacetado artista, que integra o rol dos maiores expoentes brasileiros na arte e cultura. Uma das atrações dentro da exposição é o capítulo matéria-linha, uma seleção de trabalhos contemporâneos de artistas brasileiros diversos, que dialogam com as obras de Amilcar. Carmela Gross, Lia Chaia, max willà morais, Moisés Patrício, Rubiane Maia e Carla Borba, Tomie Ohtake e Wlademir Dias-Pino fazem parte dessa seleção.

Débora Bolsoni, Guga Szabzon, Rodrigo Garcia Dutra e Yasmin Guimarães — 9° Leilão Anual do Pivô

23.11.2020—05.12.2020
Pivô, São Paulo
Débora Bolsoni, Guga Szabzon, Rodrigo Garcia Dutra e Yasmin Guimarães participam do 9° Leilão Anual do Pivô com trabalhos doados para apoiar e contribuir com o funcionamento da instituição. As obras também serão instaladas no espaço do Pivô para aqueles que preferirem vê-las pessoalmente, considerando todos os protocolos sanitários. Confira a lista completa de artistas e obras disponíveis em leilaoanualpivo.org.br até o dia 5/12.

Martinho Patrício — Traço, Trama, Texto

23.11.2020—23.11.2020
Terra Arte
Martinho Patrício foi um dos artistas convidados para participar do “Traço, Trama, Texo”, promovido pelo Terra Arte. O projeto online busca intercambiar ideias, conceitos, palavras, elementos da arte entre cinquenta artistas durante a quarentena. Desenhos, pinturas, poesias visuais, textos, vídeos e palestras fazem parte dos diálogos promovidos. Os experimentos serão publicados no perfil do Instagram @terra_arte todas as terças e quintas.

Anna Costa e Silva — Assíntotas

21.11.2020—21.11.2020
“A ideia do cinema na arte contemporânea brasileira”, Katia Maciel
O trabalho “Assíntotas”, de Anna Costa e Silva, foi mencionado no livro “A ideia do cinema na arte contemporânea brasileira”, de Katia Maciel, lançado recentemente pela Editora Circuito. De acordo com a autora, a obra de Anna possui “uma forma transcinema, por incluir o espectador como parte ativa do dispositivo, conjuga a lógica do teatro, a arquitetura da instalação e o texto como discurso poético que insiste no escuro do quarto, do filme e da sala de exposição.”

Marcelo Brodsky — Exposição “A Call to Vote”

02.11.2020—30.01.2021
Henrique Faria Fine Art, Nova York, EUA
“A Call to Vote”, de Marcelo Brodsky, entrará em cartaz na Henrique Faria Fine Art. A mostra, que já passou por diversas galerias e instituições, inclui fotografias historicamente relevantes de protestos contra diversos tópicos interconectados — colonialismo, racismo, patriarcado — com intervenções em giz de cera colorido. Dessa forma, o artista dá nova vida a essas imagens de arquivo e atribui uma voz narrativa para aqueles que foram silenciados, mantendo as memórias das pessoas afetadas na consciência presente. De 1968, passando por Nova York, Rio de Janeiro, Paris, Chicago e Cidade do México, até os dias atuais, o conjunto de obras também abarca a Marcha das Mulheres (2017) e o movimento Black Lives Matter (2020), em Washington D.C.

Neide Sá — Exposição “Pinacoteca: Acervo”

31.10.2020—31.12.2025
Pinacoteca
“A Corda”, de Neide Sá, está em exibição na “Pinacoteca: Acervo”, mostra que reúne algumas das aquisições recentes em diálogo com obras da coleção do museu. O projeto curatorial mescla tempos históricos e técnicas artísticas, debate a representatividade de artistas mulheres, afrodescendentes e indígenas no acervo, investiga as relações entre arte e sociedade, bem como a representação da paisagem e do espaço urbano. A exposição é toda construída sobre conversas, estratégia testada por muitos anos pelos programas educativos. “Pinacoteca: Acervo” pode ser visitada gratuitamente todos os dias da semana mediante agendamento prévio.

Poema/Processo — Exposição “Networks, Collaboration and Resistance in/between Portugal and Brazil, 1962–1982″

26.10.2020—26.10.2020
John Young Museum of Art, Havaí, EUA
Com a participação do grupo Poema/Processo, entrou em cartaz hoje, na John Young Museum of Art, “Networks, Collaboration and Resistance in/between Portugal and Brazil, 19621982: Works from the Arquivo Fernando Aguiar and the Coleção Moraes-Barbosa”. Curada por Dr. Rui Torres e pelo diretor e curador-chefe Maika Pollack, a mostra apresenta trabalhos de mais de 400 escritores e artistas e viajará para as Galerias Municipais de Lisboa, em 2021.

Anna Costa e Silva — Residência “In the Wilderness”

25.10.2020—31.10.2020
Interior Beauty Salon
Anna Costa e Silva é a primeira artista a participar da residência virtual “In the Wilderness”, na Interior Beauty Salon, à convite do curador Nicolás Estevez, de Nova York (EUA). No início da residência, será feita uma versão pandêmica e à distância do “Éter”, um processo de pesquisa sobre o estado de vulnerabilidade que antecede o sono que se dá por meio de conversas. “In the Wilderness” é o equivalente online da residência artística, no qual o artista residente é incentivado a vagar na paisagem interna de sua escolha. Os processos investigam a interseção da cura e ecologia, gênero, raça, sexualidade, espiritualidade, ativismo ou artes. O experimento ocorre de 25 a 31 de outubro, via zoom, restrito à uma pessoa por noite. Para participar, envie uma mensagem para: +55 21 99406-9009 ou annacostaesilva@gmail.com

Neide Sá e Pietrina Checcacci — Exposição “Farsa”

20.10.2020—30.01.2021
SESC Pompeia
Abriu hoje a exposição FARSA no SESC Pompeia, com trabalhos de Neide Sá e Pietrina Checcacci. A mostra aproxima propostas experimentais das décadas de 60/70 da produção de artistas que emergiram no século XXI, no Brasil e em Portugal, investigando os desafios da língua e da linguagem, e desconstruindo as mesmas, em países que compartilham uma língua que foi fator de opressão e vetor de liberdade. FARSA fica em cartaz até o dia 30.01.2021, e pode ser visitada com agendamento prévio.

Marcelo Brodsky — Exposição “Pictures, Revised”

19.10.2020—09.05.2021
Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA
“La clase”, da série ‘Buena Memoria, 1967–1996’, de Marcelo Brodsky, está em exibição no Metropolitan Museum of Art de Nova York. A obra, que foi adquirida pelo museu em 2006, agora compõe a exposição “Pictures, Revisited”, um mergulho na coleção de fotografia contemporânea do Met para explorar apropriações visuais como estratégias fotográficas. O trabalho de Brodsky foi realizado em 1996, quando retornou do exílio aos 40 anos e encontrou a imagem do seu grupo de colegas da Escola Nacional de Buenos Aires (CNBA), a turma do ‘1º ano, 6ª divisão’, como diz a legenda. Brodsky intervém na fotografia com giz de cera, evidenciando o destino de cada um. Em torno daquele ano, o artista organizou uma homenagem aos desaparecidos da ditadura militar argentina, na qual fez uma lista com os nomes dos ex-alunos da escola assassinados: chegava a 98 na época. Além desta edição do Met, “La clase” também integra os acervos da Pinacoteca, do Tate Modern, do Museu de Belas Artes de Houston e do Museu Nacional de Belas Artes de Buenos Aires, e já participou de 250 exposições ao redor do mundo. “La clase” está na sala 851 da Tisch Gallery, no Metropolitan Museum of Art de Nova York, e ficará em exibição até o dia 9 de maio de 2021, na mostra “Pictures, Revisited”.

No Calor da Hora

31.08.2020—25.10.2020
M.A.P.A.
Em resposta ao momento presente, M.A.P.A. (Modos de Ação para Propagar a Arte) promove No Calor da Hora, uma mostra de arte inédita no espaço público. 27 artistas convidados, cujas poéticas derivam de múltiplos percursos, ocupam 27 espaços de outdoors em 27 cidades do Brasil. As artistas Anna Costa e Silva e Vera Chaves Barcellos integram esse projeto. De 31 de agosto à 25 de outubro a mostra ocorre de maneira descentralizada pelo país e conectado virtualmente na plataforma do projeto.

not cancelled Brasil

17.06.2020—23.06.2020
A Galeria Superfície participa da segunda semana do evento de arte internacional online not cancelled BRASIL, com uma seleção especial de obras dos artistas Guga Szabzon e Arthur Chaves. not cancelled (não cancelado) é um projeto desenvolvido pela agência TREAT, sediada em Viena. Esta edição surgiu em meio a pandemia do COVID-19, com a ideia de agrupar grande parte das principais galerias de arte contemporânea do país. Diante desse cenário, em que eventos presenciais e feiras de arte foram canceladas, a plataforma digital permite que essas galerias estejam “fechadas mas abertas”. A página da Galeria Superfície pode ser acessada em Week 2 a partir do dia 17 de junho, às 10h, até o dia 8 de julho de 2020.

Galeria Temporariamente Fechada

16.03.2020—16.03.2020
De acordo com as recomendações e estratégias para conter a propagação do novo coronavírus COVID-19, e em proteção à comunidade, a Galeria Superfície estará temporariamente fechada. Continuaremos trabalhando normalmente em home office, atendendo aos e-mails, telefonemas e às redes sociais. Assim que a situação se estabilizar divulgaremos as datas de aberturas de exposições e novos projetos.

Betty Leirner – Exposição “Explosão de Flores – Artistas da Coleção Ludwig”

14.03.2020—13.09.2020
Ludwig Forum fuer Internationale Kunst, Aachen, Alemanha
No início da década de 70 um movimento crescente de mulheres artistas indelévelmente marcou o mundo das artes. Ao reivindicarem à si mesmas, o respeito que na época era apenas desfrutado pelos homens em todas as modalidades das artes, afirmaram-se com atitudes provocativas realizando ações políticas em espaços públicos e anuciando o fim da modéstia através de esculturas em grande escala, vídeos e performances onde encenam seus corpos nus. Junto às pioneiras feministas da historia da arte, estas artistas abriram caminho para novas concretizações e realizações . Flower Blast / Blumen Sprengung, título homônimo de uma obra da artista Annette Wehrmann, invoca este espírito de renovação. 1970 também marca o ano da fundação da Neue Galerie - Sammlung Ludwig, do casal de colecionadores Peter e Irene Ludwig. Uma das mais importantes coleções de arte contemporânea do mundo, o precursor do Ludwig Forum für Internationale Kunst esta localizado permanentemente em Aachen, Alemanha. O cinquentenario da instituição é uma oportunidade para submeter as coleções à uma reavaliação: pela primeira vez serão apresentadas exclusivamente mulheres artistas em uma exposição com cerca de uma centena de obras.

Sonia Andrade – Exposição “Against, Again: Art Under Attack in Brazil”

14.02.2020—03.04.2020
Anya and Andre Shiva Gallery | John Jay College of Criminal Justice, Nova York, EUA
Abre no dia 14 de fevereiro a exposição coletiva "Against, Again: Art Under Attack in Brazil", com obra da artista Sonia Andrade. A mostra — que acontece na Anya and Andrew Shiva Gallery, da John Jay College of Criminal Justice (CUNY), em Nova York —, trata do atual contexto de autoritarismo vivido no país, reunindo um conjunto de mais de 30 artistas com práticas que respondem à tal opressão. Com curadoria de Tatiane Schilaro e Nathalia Lavigne, e organizado pelo projeto AnnexB, a mostra fica em cartaz até 3 de abril.  
 

Débora Bolsoni – Exposição “Together We Stand”

11.01.2020—22.02.2020
Bendana-Pinel | Art Contemporain, Paris
Abre no dia 11 de janeiro, na Bendana-Pinel | Art Contemporain, em Paris, a exposição coletiva "Together We Stand", com obra da artista Débora Bolsoni. A mostra, que destaca os universos singulares de seis artistas, pode ser visitada até o dia 22 de fevereiro.

Betty Leirner – Livros de Artista da Biblioteca do MAM-SP

10.12.2019—16.02.2020
Museu de Arte Moderna, São Paulo
Nas décadas de 1960 e 70, os livros de artista utilizaram a escrita impressa e o desenho gráfico como ferramentas para veicular obras de arte mais próximas da teoria. Estão reunidas nesta exposição, com curadoria de Felipe Chaimovich, livros de artista que não foram produtos de editoras comerciais, enfatizando o trabalho singular de certas tiragens.

Rodrigo Garcia Dutra — Exposição “Triangular: Arte Deste Século”

06.12.2019—01.08.2020
Casa Niemeyer, Brasília
Abre no dia 6 de dezembro, a exposição coletiva “Triangular: Arte Deste Século”, com obra do artista Rodrigo Garcia Dutra. A exposição celebrará as novas aquisições de arte contemporânea da Universidade de Brasília e contará com obras de cerca de 100 artistas de todo o Brasil.

Anna Costa e Silva — Púrpura

29.11.2019—01.12.2019
Rio de Janeiro
Anna Costa e Silva apresenta Púrpura, uma experiência performativa que explora locações na cidade como campos possíveis para encontros. O trabalho começa num carro, no qual quatro espectadores por vez são levados a espaços distintos da cidade para experiências um a um com uma atriz, buscando a possibilidade de ressignificar a função de espaços de consumo e propor brechas de intimidade e estranheza à partir de afetos e memórias de corpos femininos na cidade.

Anna Costa e Silva, Débora Bolsoni e Guga Szabzon – Oitava Edição do Leilão Anual do Pivô

25.11.2019—30.11.2019
Pivô, São Paulo

Anna Costa e Silva, Débora Bolsoni e Guga Szabzon integram a oitava edição do Leilão Anual do Pivô. Serão leiloados mais de 140 trabalhos de artistas emergentes e consagrados, que contribuem para a manutenção do Pivô e sua programação. O evento de encerramento acontece no 30 de novembro, das 13h às 20h.

Poema/Processo com Gustavo Nóbrega

21.11.2019—21.11.2019
Casa das Rosas, São Paulo
No dia 21 de novembro, das 19h às 21h, haverá uma palestra ministrada por Gustavo Nóbrega, diretor da Galeria Superfície, sobre o livro "Poema/Processo". Será apresentado o panorama da contribuição de artistas ligados ao grupo do movimento para a poesia e as artes plásticas brasileiras, ressaltando obras de Neide Sá, Álvaro de Sá, Wladimir Dias-Pino, Moacy Cirne, entre outros.

Rodrigo Garcia Dutra – Exposição “Doações 2019”

19.11.2019—19.01.2020
Museu Nacional da República, Brasília
Abre no dia 19 de novembro, a exposição coletiva “Doações 2019”, com obra do artista Rodrigo Garcia Dutra. A mostra, que teve curadoria de Charles Cosac, pode ser visitada até o dia 19 de janeiro de 2020.

Art Weekend 2019

09.11.2019—10.11.2019
São Paulo
A Galeria Superfície participa da 4ª edição do Art Weekend São Paulo, evento promovido pela Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT). No final de semana dos dias 9 e 10 de novembro, 39 galerias de arte ampliam seus horários de funcionamento com programações especiais. A galeria estará aberta no sábado, das 11h às 20h, e no domingo, das 12h às 18h, com a exposição "Território Gravado", da artista Lotus Lobo.

Álvaro de Sá, Clóvis Dariano, Frederico Marcos, Neide Sá e Sonia Andrade – Exposição “Alto Nível Baixo – Cinema de Invenção, Brasil (1968-1978)”

08.11.2019—11.01.2020
Galeria Zé dos Bois, Lisboa
Abre no dia 8 de novembro a exposição "Alto Nível Baixo", com trabalhos dos artistas Álvaro de Sá, Clóvis Dariano, Frederico Marcos, Neide Sá e Sonia Andrade. A mostra aproxima duas produções distintas entre si. Por um lado, uma seleção de filmes e audiovisuais de artistas e cineastas brasileiros realizados durante o Ato Institucional-5 (1968-1978); e por outro, a série de “Desenhos de Guerra” do artista português Manoel Barbosa. Realizada pela Galeria Zé dos Bois, em Lisboa, a exposição teve curadoria de Marta Mestre e Natxo Checa.

Neide Sá – Exposição “Feche os Olhos e Veja”

29.10.2019—15.02.2020
Almeida e Dale, São Paulo
Abre no dia 29 de outubro, a exposição coletiva “Feche os Olhos e Veja”, com a obra "A Corda" da artista Neide Sá. A mostra, que teve curadoria de Galciani Neves, pode ser visitada até o dia 15 de fevereiro de 2020.

Yasmin Guimarães – Exposição “Entre a Terra e o Mar”

19.10.2019—10.12.2019
Quadra, Rio de Janeiro
Abre no dia 19 de outubro, a exposição "Entre a Terra e o Mar", da artista Yasmin Guimarães. Realizada pela Quadra, no Rio de Janeiro, a mostra teve curadoria de Julie Dumont e pode ser visitada até o dia 10 de dezembro.

Betty Leirner – Exposição “Mutatio”

12.10.2019—19.10.2019
Paris, França
Betty Leirner apresenta ‘ le front de la lune’ obra sonora de 00:35'', feita a partir de um poema de 1981 escrito em Oedwang, Baviera. A composição foi realizada em 2000 em Hamburgo, Alemanha.

Anna Costa e Silva – Exposição “Dominó”

12.10.2019—27.10.2019
Casa da Luz, São Paulo
Abre no dia 10 de outubro, na Casa da Luz, a exposição “Dominó”, com obra da artista Anna Costa e Silva. A exposição, com organização André Niemeyer, estará aberta para visitação até o dia 27 de outubro.

Poema/Processo – 14ª Bienal de Curitiba

10.10.2019—01.03.2020
Museu Municipal de Arte, Curitiba
Como parte da programação da 14ª Bienal de Arte Contemporânea de Curitiba, e com curadoria de Adolfo Montejo Navas, será inaugurada em sala especial amanhã a exposição “Poema-Processo, A Última Vanguarda”. A mostra conta com trabalhos de Wlademir Dias-Pino, Neide Sá, Falves Silva, Álvaro de Sá e Moacy Cirne, entre outros. Estarão em exibição algumas das obras mais significativas produzidas pelo movimento, tal qual a obra “Solida” (1962) de Wlademir Dias-Pino, a obra “Latin American Way of Life” (1976), de Falves Silva, “Transparência” (1968), de Neide Sá, “Poema para Ser Rasgado” (1973/2017) de Moacy Cirne e “12 × 9” (1965-1967) de Álvaro de Sá, entre diversas outras.

Débora Bolsoni e Rodrigo Garcia Dutra – 14º Leilão Anima

07.10.2019—15.10.2019
Arte57, São Paulo
Débora Bolsoni e Rodrigo Garcia Dutra integram o tradicional leilão da Galeria Luisa Strina em prol da ONG Anima. As obras estarão expostas no Arte57 e o leilão será realizado de forma online, em parceria com a Blombô Leilões. Os lances podem ser realizados até o dia 15 de outubro, às 20h.  

Débora Bolsoni – Exposição “Bifê”

28.09.2019—12.10.2019
Olhão, São Paulo
Abre no dia 28 de setembro, no espaço Olhão, a exposição "Bifê", com obra da artista Débora Bolsoni. A exposição, com organização de Cléo Döbberthin e Leandro Muniz, estará aberta para visitação a partir das 14h.

Anna Costa e Silva – Exposição “Ontem, Hoje, Agora”

20.09.2019—21.09.2019
Solar dos Abacaxis, Rio de Janeiro
Abre no dia 20 de setembro, no Solar dos Abacaxis, a exposição “Ontem, Hoje, Agora”, com obra da artista Anna Costa e Silva. A exposição, com curadoria de Maria Catarina Duncan, estará aberta para visitação a partir das 18h.

BETTY LEIRNER EM POIESIS: SPRACHKUNST / ARTE-PALAVRA

29.08.2019—06.10.2019
Kunsttempel, Kassel, Alemanha

Kunsttempel 'Galeria para Cogniçao e Linguagem’ situada em Kassel, Alemanha, apresenta Poiesis: Sprachkunst / Arte-Palavra. A exposição tem curadoria de Friedrich W. Block, e exibe, através de um recorte Pos-Digital, obras de poetas e artistas que passaram pela Galeria nos últimos vinte anos . Augusto de Campos, Betty Leirner, Franz Mon, Gerhard Rühm, Michèle Métail e Timm Ulrichs participam da exposicao, entre outros. O Catalogo de 130 paginas da Editora Jenior, (Kassel) acompanha a exposição, com Vernissage no dia 29 de Agosto de 2019.

Neide Sá – Exposição “Manjar: Para Habitar Liberdades”

24.08.2019—24.08.2019
Solar dos Abacaxis, Rio de Janeiro
Abre no dia 24 de agosto, no Solar dos Abacaxis, a exposição “Manjar: Para Habitar Liberdades”, com obras da artista Neide Sá. A exposição, com curadoria de Keyna Eleison e Bernardo Mosqueira, estará aberta para visitação a partir das 18h.

Marcelo Brodsky – Lançamento do livro “El Alma de Un Gigante”

07.08.2019—07.08.2019
Salón Dorado, Buenos Aires
No dia 7 de agosto, a partir das 19h, acontece no Salón Dorado, em Buenos Aires, a apresentação do livro "El Alma de Un Gigante", do artista Marcelo Brodsky. O evento terá participação do autor e da curadora Florencia Battiti.

Rodrigo Garcia Dutra – Exposição “A Linguagem da Serpente”

27.07.2019—07.09.2019
Galeria Karla Osorio, Brasília
Abre no dia 27 de julho, na Galeria Karla Osorio, a exposição individual “A Linguagem da Serpente", do artista Rodrigo Garcia Dutra. A exposição pode ser visitada até o dia 7 de setembro.

Anna Costa e Silva, Rodrigo Garcia Dutra e Yasmin Guimarães – Exposição “Abraço Coletivo”

06.07.2019—20.07.2019
Ateliê397, São Paulo
Abre no dia 6 de junho, no Ateliê397, a exposição “Abraço Coletivo”, com obras dos artistas Anna Costa e Silva, Rodrigo Garcia Dutra e Yasmin Guimarães. Projeto idealizado pela curadora Paula Borghi, a mostra acontece esporadicamente em espaços independentes de arte e não passa por juízo de gosto, discriminação de carreira (análise de currículo e portfólio) e processo de seleção. É através do entendimento das potencialidades de cada participante que ela se guia, desconstruindo as métricas engessadas e ideias estagnadas que limitam a fluidez da arte.  

Sonia Andrade – Exposição “… Às Contas”

06.07.2019—22.09.2019
Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro
Abre no dia 6 de junho, no MAM Rio de Janeiro, a exposição "... Às Contas" da artista Sonia Andrade. Durante as últimas cinco décadas, a artista guardou todas as contas que recebeu, e pagou, de serviços considerados básicos – aqueles diretamente responsáveis pela manutenção da nossa sobrevivência física. Esse conjunto, formado inicialmente por contas de luz, água, gás e esgoto, com o passar dos anos, ganhou a companhia das contas de televisão a cabo, de internet, de telefone fixo e de celular. Depois de vinte anos de sua última exposição no museu (onde também realizou sua primeira individual, em 1976, na Área Experimental), a artista carioca apresenta a instalação inédita "… Às Contas". A mostra, que teve curadoria de Fernando Cocchiarale e Fernanda Lopes, pode ser visitada até o dia 22 de setembro.

Anna Costa e Silva – Exposição “Fogo Sobre Lago”

29.06.2019—03.08.2019
Auroras, São Paulo
Abre no dia 29 de junho, no Auroras, a exposição “Fogo Sobre Lago” da artista Anna Costa e Silva. A exposição pode ser visitada até o dia 3 de agosto.  

Rodrigo Garcia Dutra – Exposição “Divergência Estética”

29.06.2019—20.08.2019
Centro da Terra, São Paulo
Abre no dia 29 de junho, no Centro da Terra, a exposição “Divergência Estética”, com obra do artista Rodrigo Garcia Dutra. A exposição, com curadoria de Gabriela Inui, pode ser visitada até o dia 20 de agosto.

Anna Costa e Silva – Exposição “Lar Doce Lar”

26.06.2019—25.08.2019
Espaço Cultural da Embaixada do Brasil, Buenos Aires
Abre no dia 26 de junho, no Espaço Cultural da Embaixada do Brasil em Buenos Aires, a exposição coletiva “Lar Doce Lar”, com obra da artista Anna Costa e Silva. A exposição, que teve curadoria de Florencia Battiti, faz parte da programação da Bienalsur e pode ser visitada até o dia 25 de agosto.

Marcelo Brodsky – Exposição “Dos Museos y Un Río”

05.06.2019—22.09.2019
Museo de Arte Contemporáneo de Rosario, Argentina
Abre no dia 5 de junho, no Museo de Arte Contemporáneo de Rosario, a exposição coletiva “Dos Museos y Un Río”, com obra do artista Marcelo Brodsky. A exposição, que teve curadoria Ticio Escobar, faz parte da programação da Bienalsur e da 14ª Bienal de Curitiba e pode ser visitada até o dia 22 de setembro.

Débora Bolsoni – Exposição “Migalhas”

02.06.2019—02.06.2019
Galeria O Quarto, São Paulo
Abre no dia 2 de junho, na Galeria O Quarto, a exposição coletiva "migalhas", com obras da artista Débora Bolsoni. A exposição é composta de objetos de escala transportável, associados ao contexto doméstico e ao corpo. A exposição poderá ser visitada durante apenas um dia, das 11h às 17h.

Falves Silva, Neide Sá, Wlademir Dias-Pino e Grupo Poema/Processo – Exposição “História da Poesia Visual Brasileira”

30.05.2019—08.09.2019
Sesc Bom Retiro, São Paulo
Abre no dia 30 de maio, no Sesc Bom Retiro, a exposição "História da Poesia Visual Brasileira", com obras dos artistas Falves Silva, Neide Sá, Wlademir Dias-Pino e Grupo Poema/Processo. Com curadoria de Paulo Bruscky, Yuri Bruscky e Adolfo Montejo Navas, a mostra apresenta um recorte panorâmico da poesia de vanguarda brasileira. A exposição fica em cartaz até o dia 8 de setembro.

Falves Silva – Exposição “À Nordeste”

15.05.2019—25.08.2019
Sesc 24 de Maio, São Paulo
Abre no dia 15 de maio, no Sesc 24 de Maio, a exposição "À Nordeste", com obras do artista Falves Silva. Com curadoria de Bitu Cassundé, Clarissa Diniz e Marcelo Campos, À Nordeste procura entrecruzar reflexões sobre o Brasil a partir da produção simbólica do Nordeste numa perspectiva de suas singularidades regionais e da radicalidade de sua dimensão sensível. A mostra pode ser visitada até o dia 25 de agosto.

Rodrigo Garcia Dutra – Exposição “Ways of Seeing: Government Art Collection in Waltham Forest Borough of Culture”

24.04.2019—31.08.2019
Londres, Reino Unido
Inaugura no dia 24 de abril, quarta-feira, a exposição “Ways of Seeing: Government Art Collection in Waltham Forest Borough of Culture”, com trabalho do artista Rodrigo Garcia Dutra.A mostra conta com mais de 68 trabalhos de 33 artistas, da Coleção do Governo do Reino Unido, que serão exibidas por diversos espaços públicos na cidade de Londres, como bibliotecas, escolas, hospitais. A mostra pode ser visitada até o fim de agosto.

Neide Sá – Exposição “Arte-veículo”

16.04.2019—28.07.2019
Sesc Santos, Santos
Inaugura no dia 16 de abril a exposição "Arte-veículo" no Sesc Santos. Depois de ter passado pelo Sesc Pompeia em 2018, a mostra agora itinera para o litoral paulista, onde permanecerá em cartaz até 28 de julho. Com curadoria de Ana Maria Maia, o recorte contempla trabalhos de 40 artistas e grupos que ocuparam diferentes meios de comunicação desde os anos 1950 para experimentar linguagem e disputar um imaginário público. Na abertura o público poderá interagir com a obra "A Corda", da artista Neide Sá.  

Anna Costa e Silva – Ateliê Aberto Pivô

13.04.2019—13.04.2019
Pivô, São Paulo
Hoje, dia 13 de abril, acontece na Pivô o ateliê aberto. Anna Costa e Silva, uma das artistas residentes, vai apresentar sua produção recente. O evento acontece das 13h às 19h.

Anna Costa e Silva – Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas

04.04.2019—04.04.2019
São Paulo, Brasil
A artista Anna Costa e Silva está entre os finalistas da 7ª edição do Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas. Em setembro, os 30 finalistas participam de uma exposição coletiva no Museu de Arte Brasileira (MAB-FAAP), em São Paulo. Na cerimônia de abertura, serão conhecidos os cinco vencedores.

Anna Costa e Silva – Exposição “A vida não é só a praticidade das coisas”

14.03.2019—13.04.2019
Galeria Silvia Cintra, Rio de Janeiro
Inaugura no dia 14 de março, quinta-feira, a exposição coletiva “a vida não é só a praticidade das coisas”, com trabalho da artista Anna Costa e Silva. A mostra, que teve curadoria de Juliana Cintra e Omar Salomão, acontece na Galeria Silvia Cintra, no Rio de Janeiro, e pode ser visitada até o dia 13 de abril.

Guga Szabzon – Exposição “Tudo o que criamos passa a existir”

12.03.2019—04.08.2019
Sesc Ipiringa, São Paulo
Inaugura no dia 12 de março, terça-feira, a exposição individual "Tudo o que criamos passa a existir", da artista Guga Szabzon no Sesc Ipiranga. Essa exposição apresenta para o público um imenso tecido azul, onde vemos linhas bordadas, que destacam as orientações de um mapa. Porém, a princípio ele está vazio. A proposta da obra é que o público construa, juntamente com a artista, os lugares que podem existir, dentro das infinitas possibilidades estéticas. O real e o imaginado passam a ocupar o espaço e aquilo que criamos passa a existir. O processo de construção desse grande mapa será realizado em 5 encontros mensais, quando a artista ocupa a unidade montando seu espaço de trabalho, compartilhando as reflexões com o público passante. O "Processo aberto: construindo a obra com Guga Szabzon" acontecerá nos dias: 28/03, 13/04, 04/05, 15/06 e 05/07, das 14h às 20h na área da convivência.      

Anna Costa e Silva – Roda de conversa Programa de Exposições do CCSP 2018

22.02.2019—22.02.2019
Centro Cultural São Paulo, São Paulo

Acontece amanhã, dia 22 de fevereiro, no Centro Cultural São Paulo uma roda de conversa com a participação de Anna Costa e Silva. A artista vai falar sobre sua exposição Éter, que fez parte do Programa de Exposições do CCSP 2018.

A conversa acontece às 17h, no piso Caio Graco.

Leonilson – Exposição “Leonilson: Arquivo e Memória Vivos”

19.02.2019—19.05.2019
Centro Cultural FIESP, São Paulo
Abre hoje, 19 de fevereiro, a exposição "Leonilson: Arquivo e Memórias Vivas", no Centro Cultural FIESP. A mostra, com curadoria de Ricardo Resende, reúne mais de 120 obras de Leonilson, resultado da pesquisa e publicação em 2017 do catálogo raisonné, privilegiando trabalhos pouco ou nunca vistos em São Paulo. A exposição fica em cartaz até o dia 19 de maio e pode ser visitada de terça a sábado, das 10h às 22h e domingo, das 10h às 20h. A entrada é gratuita.

Débora Bolsoni – “Lição de Mimese”

16.02.2019—17.06.2019
Pinacoteca, São Paulo
A Pinacoteca de São Paulo exibe ao público pela primeira vez a obra "Lição de Mimese", da artista DéboraBolsoni, que foi recentemente incorporada à coleção da instituição. Também serão exibidas obras de Marcius Galan, Regina Parra e Matheus Rocha Pitta. Os trabalhos vão ocupar quatro salas contíguas à exposição de longa duração no 2º andar da Pina Luz. A exposição abre ao público no sábado, dia 16 de fevereiro, a partir das 11h. Considerado um trabalho crucial na trajetória da artista, "Lição de Mimese" é composto de várias lousas recortadas em diferentes formatos e emolduradas em madeira, à semelhança de espelhos. Esses espelhos que nada refletem, podem, no entanto, receber desenhos riscados com giz, o que traz à discussão o efeito mimético da arte e sua capacidade de duplicar a realidade.

Anna Costa e Silva – Exposição “The Verve”

15.02.2019—24.03.2019
Border Art Space, Nova York
Inaugura no dia 15 de fevereiro, sexta-feira, a exposição coletiva “The Verve”, com trabalho da artista Anna Costa e Silva. A mostra, que teve curadoria de Jamie Martínez, acontece no Border Art Space, em Nova York, e pode ser visitada até o dia 24 de março.

Rosana Paulino – Exposição “Passado/Futuro/Presente”

22.01.2019—21.04.2019
MAM, São Paulo
Inaugura hoje no MAM, a partir das 19h00, a exposição coletiva "Passado/Presente/Futuro: Arte contemporânea brasileira no acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo", com trabalho da artista Rosana Paulino. Fruto da colaboração entre o Phoenix Art Museum (em Arizona, EUA) e o MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo), e curada pela norte-americana Vanessa Davidson e o brasileiro Cauê Alves, a exposição conta com uma seleção de 72 trabalhos. Com peças produzidas entre 1990 e 2010, a mostra foi montada primeiro nos Estados Unidos, em 2017, exibindo ao público do país trabalhos brasileiros de arte contemporânea, e constituiu a primeira exposição dedicada ao acervo do MAM nos EUA. A exposição pode ser visitada até o dia 21 de abril, de terça a domingo, das 10h às 18h.

Anna Costa e Silva – Exposição “Formação e Deformação”

16.12.2018—18.12.2018
Parque Lage, Rio de Janeiro
Anna Costa e Silva participa da exposição "Formação e Deformação" curada por Ulisses Carrilho e Keyna Eleison no Parque Lage. A artista realizará Púrpura, uma experiência de encontros um a um com mulheres em locações pela cidade. O trabalho começa num carro, no qual 4 espectadores por vez são levados cada um para um lugar diferente, onde encontrará uma pessoa e sua história. Dias 16, 17 e 18 de dezembro, 3 sessões por dia, apenas 33 lugares. Para reservar seu lugar, mandar mensagem para (21) 99406-9009.

Rosana Paulino – Exposição “A Costura da Memória”

08.12.2018—04.03.2019
Pinacoteca Luz, São Paulo
Abre no sábado, dia 8 de dezembro, às 11h, a maior exposição individual da artista Rosana Paulino em uma grande instituição do país, a Pinacoteca. Reconhecida pelo enfrentamento de questões sociais que despontam da posição da mulher negra na sociedade contemporânea, a exposição "Rosana Paulino: A Costura da Memória", com curadoria de Valéria Piccoli e Pedro Nery, reúne obras produzidas entre 1993 e 2018, como Bastidores (1997) e Parede da Memória (1994-2015), decisivas do início de sua carreira. Estas remontam à sua narrativa pessoal e se apresentam como ponto de partida do percurso expositivo. A primeira traz, como no título, uma série de suportes para bordar com figuras de mulheres de sua família impressas em tecidos cujos olhos, bocas e gargantas estão costurados, indicando o emudecimento imposto às mulheres negras, muitas vezes fruto da violência doméstica. Ao revolver o início de sua história pessoal, Rosana Paulino observa que o problema da representação dos negros traduz-se na sua quase ausência nos mais variados aspectos da vida dos brasileiros e na história, sobretudo na história das artes visuais.

Débora Bolsoni e Yasmin Guimarães – Sétima Edição do Leilão Anual do Pivô

27.11.2018—01.12.2018
Pivô, São Paulo
Débora Bolsoni e Yasmin Guimarães integram a sétima edição do Leilão Anual do Pivô. Serão leiloados mais de 100 trabalhos de artistas emergentes e consagrados, que contribuem para a manutenção do Pivô e sua programação. O evento de encerramento acontece no dia 1 de dezembro.

Guga Szabzon e Rodrigo Garcia Dutra – Leilão Anima – Galeria Luisa Strina

26.11.2018—03.12.2018
São Paulo, Brasil
Guga Szabzon e Rodrigo Garcia Dutra integram o tradicional leilão da Galeria Luisa Strina em prol da ONG Anima. O leilão será realizado de forma online, em parceria com a Blombô Leilões. A ONG Anima atende adolescentes, jovens e adultos, fazendo a integração entre portadores do vírus HIV/Aids e não portadores. Os lances podem ser realizados até o dia 3 de dezembro, às 20h.

Martinho Patrício – Exposição “Tempos Sensíveis”

25.11.2018—31.12.2018
Museu Oscar Niemeyer, Curitiba
Inaugura no dia 25 de novembro, domingo, a exposição coletiva “Tempos Sensíveis”, com trabalho do artista Martinho Patrício. A mostra acontece no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, e pode ser visitada até o dia 31 de dezembro. Com curadoria de Agnaldo Farias, a mostra reúne obras do acervo do MAC/PR em que a sensibilidade e a reflexão ficam evidentes.

Guga Szabzon e Yasmin Guimarães – IAB Leilão de Parede: 75 Artistas para 75 Anos de História

21.11.2018—25.11.2018
IAB e Escola da Cidade, São Paulo
Guga Szabzon e Yasmin Guimarães integram o IAB Leilão de Parede, realizada pela Central Galeria em parceria com a Escola da Cidade, em São Paulo. O leilão conta com mais de 75 artistas e todo o dinheiro arrecadado será revertido em ações com ênfase na Bienal de Arquitetura, evento do qual o Instituto de Arquitetos do Brasil é responsável.

Neide Sá – Exposição “Mulheres na Coleção MAR”

16.11.2018—01.04.2019
Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro
Neide Sá integra a exposição coletiva “Mulheres na Coleção MAR”, realizada pelo Museu de Arte do Rio, no Rio de Janeiro. A mostra abre no dia 16 de novembro, às 16h, e pode ser visitada até abril de 2019. A exposição apresenta um recorte de obras de mais de 150 artistas, entre brasileiras e estrangeiras, que integram o acervo do museu.

Marcelo Brodsky – Exposição “1968, The Fire of Ideas”

30.10.2018—07.01.2019
Accademia di Spagna, Roma
Inaugura amanhã, dia 30 de outubro, a exposição “1968, The Fire of Ideas”, do artista Marcelo Brodsky. A mostra acontece na Accademia di Spagna, em Roma, e pode ser visitada até o dia 7 de janeiro de 2019.

E. M. de Melo e Castro – Exposição “Poesia Experimental Portuguesa”

17.10.2018—16.12.2018
Caixa Cultural, Brasília
Inaugura amanhã, dia 17 de outubro, a exposição coletiva “Poesia Experimental Portuguesa”, com trabalhos do artista E. M. de Melo e Castro. A mostra acontece na Caixa Cultural, em Brasília, e pode ser visitada até o dia 16 de dezembro.

Lançamento do livro “Poema/Processo: uma vanguarda semiológica” na ArtRio 2018

29.09.2018—29.09.2018
Marina da Glória, Rio de Janeiro
Hoje, dia 29 de setembro, às 16h, acontece na ArtRio o lançamento do livro "Poema/Processo: uma vanguarda semiológica". O evento acontecerá na Tenda da Palavra, com uma conversa entre Gustavo Nóbrega e Ricardo Sá.

Anna Costa e Silva, Guga Szabzon e Rodrigo Garcia Dutra – Exposição “Interstícios”

28.09.2018—30.09.2018
Átomos, Rio de Janeiro
Anna Costa e Silva, Guga Szabzon e Rodrigo Garcia Dutra integram a exposição coletiva "Interstícios", realizada pelo espaço autônomo Átomos, no Rio de Janeiro. A mostra abre no dia 28 de setembro, às 18h, e pode ser visitada até o dia 30 de setembro.

Marcelo Brodsky – Exposição “1968, The Fire of Ideas”

28.09.2018—31.10.2018
European Center for Constitutional and Human Rights, Berlim
Inaugura amanhã, dia 28 de setembro, a exposição "1968, The Fire of Ideas", do artista Marcelo Brodsky. A mostra acontece no European Center for Constitutional and Human Rights, em Berlim, e pode ser visitada até o dia 31 de outubro.

Anna Costa e Silva – Projeto Mira ArtRio 2018

26.09.2018—30.09.2018
Marina da Glória, Rio de Janeiro
A artista Anna Costa e Silva participa do Projeto Mira ArtRio 2018, com o vídeo "Ofereço Compahia - tentiva de colocar o anúncio no jornal O Globo". No seu segundo ano, o programa teve curadoria de David Gryn. A feira abre no dia 26 de setembro e pode ser visitada até o dia 30 setembro.

Marcelo Brodsky – Exposição “1968 – O Fogo das Ideias”

19.09.2018—06.01.2019
Museu Coleção Berardo, Lisboa
Inaugura amanhã, dia 19 de setembro, a exposição individual "1968 – O Fogo das Ideias", do artista Marcelo Brodsky. Realizada pelo Museu Coleção Berardo, em Lisboa, a mostra teve curadoria de Inês Valle e pode ser visitada até o dia 6 de janeiro de 2019.

Rosana Paulino – Exposição “MAM 70”

05.09.2018—16.12.2018
MAM e MAC USP, São Paulo
Rosana Paulino integra a exposição coletiva “MAM 70”, realizada pelo Museu de Arte Moderna, em São Paulo. A mostra abre no dia 5 de setembro e pode ser visitada até o dia 16 de dezembro. A exposição reúne obras da coleção do MAM, em comemoração aos seus 70 anos.

Álvaro de Sá e Neide Sá – Exposição “Arte-veículo”

28.08.2018—02.12.2018
Sesc Pompeia, São Paulo
Abre hoje, dia 28 de agosto, no Sesc Pompeia, a exposição "Arte-veículo", com obras dos artistas Álvaro de Sá e Neide Sá. Com curadoria de Ana Maria Maia, a mostra reúne cerca de 200 obras, de 47 artistas, que discutem questões ligadas à mídia e à tecnologia. A partir das 20h o público poderá interagir com a obra "A corda", da artista Neide Sá. A mostra pode ser visitada até o dia 2 de dezembro.

Marcelo Brodsky – Exposição “Estratégias Conceituais”

25.08.2018—20.10.2018
Galeria Bergamin & Gomide, São Paulo
Marcelo Brodsky integra a mostra coletiva "Estratégias Conceituais", com curadoria de Ricardo Sardenberg, realizada pela Galeria Bergamin & Gomide. A exposição abre no dia 25 de agosto e fica em exibição até o dia 20 de outubro.

Anna Costa e Silva – Exposição “Sopro”

25.08.2018—22.09.2018
Marquês 456, Rio de Janeiro
Abre amanhã, dia 25 de agosto, a mostra individual "Sopro", da artista Anna Costa e Silva, na Marquês 456, no Rio de Janeiro. A exposição reúne 4 trabalhos inéditos da artista que lidam com o universo dos sonhos, dos mistérios, das fragilidades e das relações.

Yasmin Guimarães – Exposição “Habita-me”

24.08.2018—09.09.2018
Palacete 1922, Ribeirão Preto
Yasmin Guimarães integra a mostra coletiva “Habita-me”, com curadoria de Paula Borghi. A exposição abre no dia 24 de agosto e fica em exibição até o dia 9 de setembro.

Neide Sá – Exposição “Mulheres radicais: arte latino-americana, 1960-1985”

18.08.2018—19.11.2018
Pinacoteca, São Paulo
Neide Sá integra a mostra "Mulheres radicais: arte latino-americana, 1960-1985", realizada pelo Hammer Museum de Los Angeles, que agora estará em exposição na Pinacoteca do Estado, em São Paulo. A exposição destaca a contribuição de artistas latinas e de herança latina para a arte contemporânea. Esta exposição pioneira constituirá a primeira genealogia das práticas artísticas feministas e radicais na América Latina e sua influência a nível internacional.

Rodrigo Garcia Dutra – Exibição “Dear Mickey Mouse”

14.07.2018—14.07.2018
Chalton Gallery, Londres
No dia 14 de julho, a Chalton Gallery, em Londres, vai promover a exibição "Dear Mickey Mouse", com trabalho do artista Rodrigo Garcia Dutra. Com curadoria de Laura O'Neil, a projeção vai acontecer às 13h e 18h.

Rodrigo Garcia Dutra – Exposição “Antes que as traças nos devorem”

07.07.2018—11.08.2018
Museu Murillo La Greca, Recife
No dia 7 de julho, o Museu Murillo La Greca, em Recife, inaugurou a exposição coletiva "Antes que as traças nos devorem", com obra do artista Rodrigo Garcia Dutra. Com curadoria de Paula Borghi, a exposição reúne mais de 100 livros de artistas. A exposição pode ser visitada até o dia 11 de agosto.

Marcelo Brodsky – Exposição “1968, Quelle Histoire! Barricades, Expression, Répression”

02.07.2018—23.09.2018
Croisière, Arles
No dia 2 de julho, o festival de fotografia Rencontres d'Arles, realizado em Arles, inaugurou a exposição coletiva "1968, Quelle Histoire! Barricades, Expression, Répression", com trabalho do artista Marcelo Brodsky. Com curadoria de Bernadette Caille, a exposição celebra os movimentos de 1968. A mostra fica em exibição até o dia 23 de setembro.

Martinho Patrício e Rosana Paulino – Exposição “Histórias Afro-Atlânticas”

28.06.2018—21.10.2018
MASP e Instituto Tomie Ohtake, São Paulo
Martinho Patrício e Rosana Paulino integram a mostra coletiva "Histórias Afro-Atlânticas", que reúne duas das principais instituições culturais de São Paulo, o MASP e o Instituto Tomie Ohtake. Com curadoria de Adriano Pedrosa, Lilia Schwarcz, Ayrson Heráclito, Hélio Menezes e Tomás Toledo, a exposição trata dos fluxos migratórios e culturais que unem África e Américas, com uma seleção de 432 trabalhos de mais de 200 artistas. A mostra inaugura na quinta-feira (28.6), das 20h às 22h, no MASP e sábado (30.6), das 11h às 15h, no Instituto Tomie Ohtake. A exposição pode ser visitada até o dia 21 de outubro.

Marcelo Brodsky – Exposição “Resist! The 1960s protests, photography and visual legacy”

27.06.2018—26.08.2018
Bozar, Bruxelas
No dia 27 de junho, o Bozar, em Bruxelas, inaugurou a exposição coletiva "Resist! The 1960s protests, photography and visual legacy", com trabalho do artista Marcelo Brodsky. Com curadoria de Christine Eyene, a exposição apresenta as imagens mais icônicas dos movimentos dos anos 60 que influenciaram a história contemporânea. A mostra fica em exibição até o dia 26 de agosto.

Anna Costa e Silva – Exposição “Éter”

16.06.2018—09.09.2018
CCSP, São Paulo
Inaugura amanhã (16.6) no CCSP, a partir das 15h, a exposição individual "Éter", da artista Anna Costa e Silva. A artista foi selecionada pela 28ª edição do edital do Programa de Exposições do CCSP. A exposição pode ser visitada até o dia 9 de setembro, de terça a sexta, das 10h às 20h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. Entrada gratuita.

Débora Bolsoni – “I Mostra Programa de Exposições CCSP 2018”

16.06.2018—09.09.2018
CCSP, São Paulo
Débora Bolsoni é a artista convidada da "I Mostra Programa de Exposições CCSP 2018". A exposição inaugura amanhã no CCSP, a partir das 15h, e pode ser visitada até o dia 9 de setembro, de terça a sexta, das 10h às 20h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. Entrada gratuita.

Guga Szabzon – Hóspede

16.06.2018—15.07.2018
Fundação Ema Kablin, São Paulo
Amanhã (16.6), a Fundação Ema Klabin inaugura a série "Hóspede", com curadoria de Gilberto Mariotti. A série propõe um diálogo entre obras de arte contemporânea com obras do acervo da fundação. Nessa primeira edição, o trabalho "Dilema", da artista Guga Szabzon, será exposto juntamente com a obra "Rebanho em repouso", de Lasar Segall. Na ocasião, a artista vai apresentar alguns de seus trabalhos autorais, em especial a obra exposta. O bate-papo acontece entre 14h e 15h. A obra fica em exposição até o dia 15 de julho e pode ser visitada de quarta a sexta (com educador), às 14h, 15h, 16h ou 17h, e sábado e domingo (visitação livre), das 15h às 17h.

Marcelo Brodsky – Exposição “Flashes of the Future”

20.04.2018—19.08.2018
Ludwig Forum, Aachen
A partir do dia 20 de abril, o artista Marcelo Brodsky participa da exposição "Flashes of the Future", organizada pelo Ludwig Forum Aachen, com a obra "1968's". A mostra, que teve curadoria de Andreas Beitin e Eckhart Gillen, possui como tema 1968, um ano em que protestos, levantes e revoluções ocorreram em vários países ao redor do  mundo. Juntamente com a mostra, ocorre lançamento do livro com mesmo nome, editado pelos curadores.

Rodrigo Garcia Dutra – Exposição “Geometría Primitiva”

20.04.2018—20.05.2018
Galería Mercado Negro, Cidade do México
A partir do dia 20 de abril, o artista Rodrigo Garcia Dutra participa da exposição coletiva "Geometría Primitiva", na Galería Mercado Negro, na Cidade do México.

Anna Costa e Silva – Edital CCSP

20.04.2018—20.04.2018
Centro Cultural de São Paulo, São Paulo
A artista Anna Costa e Silva foi uma das selecionadas para a 28ª edição do edital do programa de exposições 2018 do Centro Cultural de São Paulo, com a instalação "Éter". Ao todo foram 697 inscritos, e os trabalhos foram escolhidos por um júri formado por Agnaldo Farias, Lizette Lagnado e Luiza Proença, além de Marisa Bueno e Souza e Maria Adelaide Nascimento.

Rosana Paulino – Prêmio ABCA

18.04.2018—18.04.2018
A artista Rosana Paulino venceu o Prêmio ABCA na categoria Mário Pedrosa, de artista de linguagem contemporânea. A Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) anunciou ontem os vencedores do Prêmio ABCA, que homenageia agentes e instituições que promoveram as artes e a cultura brasileira.

Neide Sá – Exposição “Radical Women: Latin American Art, 1960-85”

13.04.2018—22.06.2018
Brooklyn Museum, Nova York
Neide Sá integra a mostra "Radical Women: Latin American Art, 1960-1985", realizada pelo Hammer Museum de Los Angeles, que agora estará em exposição no Brooklyn Museum, em Nova York. A exposição destaca a contribuição de artistas latinas e de herança latina para a arte contemporânea. Esta exposição pioneira constituirá a primeira genealogia das práticas artísticas feministas e radicais na América Latina e sua influência a nível internacional. "Radical Women" também incluirá uma itinerância à Pinacoteca, em São Paulo, em agosto de 2018.

Rosana Paulino – Prêmio ABCA

21.03.2018—21.03.2018
Rosana Paulino está entre os artistas indicados ao Prêmio da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA), na categoria Mario Pedrosa de artista contemporâneo.

Guga Szabzon e Marcelo Brodsky – Exposição “A Vastidão dos Mapas”

20.03.2018—20.05.2018
Palacete das Artes, Salvador
A partir do dia 20 de março, a exposição "A Vastidão dos Mapas: Arte Contemporânea em diálogo com mapas da Coleção Santander Brasil" vai estar em exibição no Palacete das Artes, em Salvador, com trabalhos dos artistas Guga Szabzon e Marcelo Brodsky. A exposição pode ser visitada até o dia 20 de maio, de terça a sexta, das 13h às 19h e domingo, das 14h às 18h. Entrada gratuita.  

Betty Leirner – Leitura

18.03.2018—18.03.2018
Biblioteca Mário de Andrade, São Paulo
No próximo domingo, dia 18 de março, a artista Betty Leirner fará uma Leitura no auditório da Biblioteca Mário de Andrade, a partir das 18h. Entrada franca.

Marcelo Brodsky – Exposição “El Futuro de la Memoria”

17.03.2018—27.05.2018
Parque de la Memoria, Buenos Aires
A partir do dia 17 de março, a exposição "El Futuro de la Memoria" vai estar em exibição no Parque de la Memoria, em Buenos Aires, com trabalho do artista Marcelo Brodsky. Reunidos pelo Goethe-Institut, os cinco artistas selecionados vão expor relatos, documentos e ficções que surgem da intenção comum de intervir, dialogar e imaginar o futuro da memória a partir da investigação do nosso passado e sua relação com o presente.

Anna Costa e Silva – Exposição “Prêmio Arte Laguna”

17.03.2018—08.04.2018
Veneza, Itália
A partir do dia 17 de março, é possível ver a instalação "Éter", da artista Anna Costa e Silva na exposição do "Prêmio Arte Laguna", que acontece em Veneza.

Anna Costa e Silva – Prêmio Arte Laguna

23.02.2018—23.02.2018
Veneza, Itália
A artista Anna Costa e Silva está entre os 25 finalistas do prêmio Arte Laguna em Veneza, na categoria escultura e instalação, com o trabalho "Éter".

Anna Costa e Silva – Prêmio PIPA 2018

20.02.2018—20.02.2018
São Paulo, Brasil
A artista Anna Costa e Silva está entre os artistas indicados ao Prêmio PIPA 2018.

Marcelo Brodsky – Exposição “1968: The Fire of Ideas”

10.02.2018—08.04.2018
Street Level Photoworks, Glasgow
A partir do dia 10 de fevereiro, a exposição "1968: The Fire of Ideas", do artista Marcelo Brodsky, vai estar em exibição no Street Level Photoworks em Glasgow, Escócia. A mostra apresenta imagens de arquivo de demonstrações de estudantes e trabalhadores em todo o mundo, cuidadosamente anotadas à mão para desconstruir o que está por trás da turbulência social no final da década de 60.

Marcelo Brodsky – Exposição “1968 – The Fire of Ideas”

06.02.2018—15.05.2018
KOSMOS, Zurique
A partir do dia 6 de fevereiro, a exposição "1968 - The Fire of Ideas", do artista Marcelo Brodsky, vai estar em exibição no espaço KOSMOS em Zurique, Suíça. A mostra foi realizada em colaboração com Joerg Bader, diretor do Centre de la Photographie Genève, por ocasião do 50º aniversário do movimento de 1968.

Yasmin Guimarães – Mostra “Scapeland – Território de Trânsito Livre”

25.01.2018—28.02.2018
Memorial da América Latina, São Paulo
Inspirada pelo aniversário de São Paulo, a mostra coletiva "Scapeland - Território de Trânsito Livre" abre no dia 25 de janeiro na galeria Marta Traba do Memorial da América Latina, com trabalho da artista Yasmin Guimarães. Com curadoria de Laerte Ramos, a temática recorrente da obra dos 46 artistas é a paisagem capturada em horizontes, cidades, planos e recortes de lugares reais e imaginários. A exposição pode ser vista até o dia 28 de fevereiro, de terça a domingo, das 9h às 18h. Entrada gratuita.

Exposição “Mira Schendel: Sinais/Signals”

16.01.2018—04.04.2018
MAM-SP, São Paulo
Hoje (16/01), às 19h30, acontece a abertura da exposição "Mira Schendel: Sinais/Signals", no MAM-SP. Com curadoria de Paulo Venâncio, a mostra vai abordar a obra da artista sob a perspectiva do uso dos sinais, constante em seu trabalho. A exposição pode ser visitada até o dia 4 de abril, de terça a domingo, das 10h às 18h. Entrada gratuita.

Anna Costa e Silva – Mostra “Caixa Preta”

11.01.2018—17.02.2018
Galeria Anita Schwartz, Rio de Janeiro
A partir do dia 11 de janeiro, o vídeo "Estudo sobre dois" (2011), da artista Anna Costa e Silva, estará em exibição na mostra "Caixa Preta". O vídeo foi exibido no evento "Inventing Abstraction" no MoMA (NY) e é inédito no Brasil. "Caixa Preta" é uma mostra de vídeos no container da Galeria Anita Schwartz, com curadoria da artista Marcela Flórido, que realiza sua 1ª exposição individual na galeria. A mostra pode ser visitada na Galeria Anita Schwartz, no Rio de Janeiro, de segunda a sexta, das 10h às 20h e sábado, das 12h às 18h. Entrada gratuita.

Álvaro de Sá, Flávio Diniz, Frederico Marcos e Neide Sá – Exposição “Monumental 2017, Arte Móvel”

19.11.2017—17.12.2017
Marina da Glória, Rio de Janeiro
A partir do dia 19 de novembro, filmes-poemas abstratos dos artistas Álvaro de Sá, Flávio Diniz, Frederico Marcos e Neide Sá estarão em exibição na exposição "Monumental 2017 - Arte Móvel", com curadoria de Marc Pottier. A exposição acontece na Marina da Glória, no Rio de Janeiro, do dia 19 de novembro a 17 de dezembro, das 10h às 22h.

Rodrigo Garcia Dutra e Yasmin Guimarães – Exposição “Almas não tem idade”

09.11.2017—20.11.2017
Sítio Prisma d'Água, Goiás
A partir do dia 9 de novembro, obras dos artistas Rodrigo Garcia Dutra e Yasmin Guimarães estarão em exibição na mostra "Almas não tem idade", com curadoria de Rodrigo Garcia Dutra. "Almas não tem idade" é uma exposição de arte sobre crescimento e ciclos, incluindo artistas que possuem qualidade visionárias, estrutura conceitual ou iniciativas locais que honram seus antepassados. A exposição acontece no sítio Prisma d'Água, Rodovia GO 118 km 23, em Alto Paraíso de Goiás, Goiás. A mostra pode ser visitada do dia 9 a 20 de novembro, das 9h às 19h30.

Exposição “Agora somos todxs negrxs?” – Rosana Paulino

31.08.2017—16.12.2017
Galpão VB, São Paulo
A partir do dia 31 de agosto, a obra Tecido Social, da artista Rosana Paulino, estará em exibição na mostra "Agora somos todxs negrxs?", com curadoria de Daniel Lima. A exposição acontece no Galpão VB, em São Paulo, do dia 31 de agosto até o dia 16 de dezembro. A exposição pode ser visitada de terça a sábado, das 12h às 18h. A entrada é gratuita.

Betty Leirner – Semana de Arte

17.08.2017—20.08.2017
(stand 03)
A Galeria Superfície tem o prazer de apresentar  um projeto individual da artista e poeta Betty Leirner por ocasião da Feira Semana de Arte em São Paulo.  A feira ocorre no Hotel Unique do dia 17 a 20 de agosto de 2017 onde  será apresentado um conjunto de obras  dos anos 80 / 90 de  sua  produção. Estarão em exibição trabalhos da série ‘Réservées’  - objetos reecontrados - que hipotéticamente apropriam-se  de um lugar, espaço, fração de tempo. Também serão mostrados o poema visual de grande formato 'CE QUI EST IST' do início de sua pesquisa relativa à transparência, bem como outros trabalhos nos quais a artista concentra  sua indagação objetual e filosófica acerca da `cor incolor`. Betty Leirner (São Paulo, vive em Basel) é formada em cinema pela ECA/USP. Realiza sua primeira exposição individual, a minimalista 'Squares of Light', no Museu de Arte de São Paulo MASP em 1978. Contemplada com uma bolsa de pós-graduação de três anos pela Fundação Konrad Adenauer, Alemanha, muda-se para a Europa pela segunda vez em 1991, onde desenvolve as relações entre escrita, imagem e suporte e suas pesquisas relativas à desmaterialização. Fixa residência em Hamburgo até 2002 - em seguida instala o atelier ‘Landscape' na cidade de Basel, Suíça. Interliga processos sonoros, visuais e linguísticos em seus filmes, objetos reencontrados e textos esparsos, atualizando a poesia como a medula das artes. realfiction.ch Imagem: Betty Leirner Reserviert            (1995-2017)  Impressão sobre  polímero. 5 x 12 x 5 cm.   Serviço: Semana de Arte 2017 Hotel Unique Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4.700 São Paulo - SP - 01402-002   Horários: Dia 18 (sexta) 12h - 20h Dia 19 (sábado) 12h - 20h Dia 20 (domingo) 12h - 18h   www.semana.art

Exposição “Mais Do Que Araras” – Neide Sá e Falves Silva

09.08.2017—01.10.2017
SESC Palladium - Belo Horizonte
Neide Sá e Falves Silva integram a mostra Mais Do Que Araras, curada por Raphael Fonseca, no SESC Palladium. A exposição parte do aniversário de 50 anos da instalação Tropicália, do artista Hélio Oiticica, e reúne obras produzidas no período de 1960 ao começo dos anos 1980 por artistas que pesquisavam questões já presentes na Tropicália e no Tropicalismo. Serviço: Mais Do Que Araras.    Abertura: 8 de agosto, às 19h.   Visitação: de 9 de agosto a 1 de outubro. Terça a domingo, das 9h às 21h. Galeria GTO – Sesc Palladium. Belo Horizonte - MG. Entrada franca.

PROJETO DESVIOS – MARTINHO PATRÍCIO

09.08.2017—17.09.2017
SESC Palladium - Belo Horizonte
Martinho Patrício participa do Projeto Desvios, com a instalação Me Molde, no Sesc Palladium. A obra é aberta à intervenção do público e vai ao encontro com a pesquisa do artista sobre as relações de cor, tecido, e o corpo participante dos visitantes. O projeto é curado por Raphael Fonseca. Serviço: Projeto Desvios. Abertura: 8 de agosto, às 19h. Visitação: de 9 de agosto até 17 de setembro. Foyers. Sesc Palladium. Belo Horizonte - MG. Entrada gratuita.  

Exposição Éter – Anna Costa e Silva

14.07.2017—27.08.2017
Centro Cultural Justiça Federal - Rio de Janeiro
A artista Anna Costa e Silva abre nessa sexta-feira, dia 14 de julho, a individual Éter. Na mostra a artista irá expor a instalação sonora Éter, na qual depoimentos foram colhidos pela artistas através de conversas no estado entre sono e vigília com pessoas desconhecidas. A exposição tem texto do artista Nei Franklin e fica até o dia 27 de agosto, no Centro Cultural Justiça Federal, no Rio de Janeiro. Visitação de terça a domingo, das 12h às 19h. Entrada gratuita.

Exposição Osso, Rosana Paulino

28.06.2017—30.07.2017
A artista Rosana Paulino participa da coletiva OSSO – exposição-apelo ao amplo direito de defesa de Rafael Braga, que abre nessa quarta-feira, dia 28, no Instituto Tomie Ohtake. A exposição tem curadoria de Paulo Miyada e fica até o dia 30 de julho para a visitação do público. Entrada franca.

Unanimous Night – Anna Costa e Silva

16.06.2017—13.08.2017
A artista Anna Costa e Silva está fazendo uma nova versão do seu trabalho Éter, que convida pessoas a dormir com a artista e ter conversas íntimas num estado entre o sono e a vigília, na exposição Unanimous Night, no Contemporary Art Centre (CAC), na cidade de Vilnius, na Lituânia. A mostra tem curadoria de Bernardo José de Souza.

Poema/Processo: vanguarda e história

14.06.2017—15.06.2017
Basel, Suíça
Em comemoração aos 50 anos do movimento vanguardista de poesia visual Poema/Processo [Brasil, 1967], a Maison de la Poésie situada em Basel apresenta a exposição - Poema/Processo: vanguarda e história.   Serviço Local: Allgemeine Lesegesellschaft Endereço: Münsterplatz, 8 4001, Basel, Suíça lesegesellschaft-basel.ch Período expositivo: quarta-feira, dia 14.06  14h - 21h. quinta-feira, dia 15.06   9h - 12h. Entrada gratuita

Centro Cultural São Paulo – Rosana Paulino

27.05.2017—27.08.2017
A artista Rosana Paulino abre uma individual no próximo sábado, dia 27, no Centro Cultural São Paulo. Além de obras já consagradas, a exposição também conta com trabalhos inéditos. Assinada pela Curadoria de Artes Visuais do CCSP a mostra  vai até o dia 27/8. Serviço: abertura: dia 27/5, sábado, às 15h terça a sexta, das 10h às 20h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h – livre – Piso Caio Graco - Grátis Imagem: História Natural, 2016. Técnica mista sobre papel. Caixa [box] 31,5 x 42,5 x 33,5 cm Livro [book] 29,5 x 39,5 cm.

Itaú Cultural 30 Anos – Rosana Paulino

25.05.2017—13.08.2017
Três trabalhos da artista Rosana Paulino serão expostos na mostra “Modos de Ver o Brasil - Itaú Cultural 30 Anos”. A exposição comemorativa tem curadoria de Paulo Herkenhoff e será na Oca do Ibirapuera, em São Paulo. O período de visitação é do dia 25 de maio até 13 de agosto.

Ocupação Conceição Evaristo – Rita Damasceno

04.05.2017—18.06.2017
A artista Rita Damasceno participa no Itaú Cultural da ocupação da escritora mineira Conceição Evaristo. A mostra está aberta para visitação até o dia 18 de junho. Visitação: quinta 4 de maio a domingo 18 de junho de 2017. Terça a sexta 9h às 20h [permanência até as 20h30]. Sábado, domingo e feriado 11h às 20h. Piso térreo [indicado para todos os públicos]. Entrada gratuita

Diffusion: Cardiff International Festival of Photography – Marcelo Brodsky

01.05.2017—31.05.2017
O artista argentino Marcelo Brodsky tem trabalhos expostos no Diffusion: Cardiff International Festival of Photography, no País de Gales. A produção em destaque é a série de fotografias “The Fire of Ideias”, que documenta manifestações políticas e sociais ocorridas no final dos anos 1960 em cidades como Rio de Janeiro, Praga, Londres, Amsterdã. Imagem: “Paris, 1968”, 2015.

Leonilson – Espaço Cultural Unifor

14.03.2017—09.07.2017
A partir do dia 14 de março de 2017, o Espaço Cultural Unifor de Fortaleza, CE, recebe a exposição "Leonilson arquivo e memória vivos". A mostra, composta por cerca de 120 obras de Leonilson, conta com generosa seleção de trabalhos do artista, incluindo obras inéditas.   Abertura: 14 de março de 2017, às 19h.   Espaço Cultural Unifor:  Av. Washington Soare, 1321. Edson Queiroz, Fortaleza - CE. Entrada gratuita.

Falves Silva – Centro Cultural São Paulo

19.11.2016—12.03.2017
Com a exposição "Círculo do Tempo", Falves Silva é artista convidado da III Mostra do Programa de Exposições 2016 do Centro Cultural São Paulo. Ao lado de Jota Medeiros e do Grupo Nervo Óptico, e a convite da Curadoria de Artes Visuais do CCSP, Falves exibe obras que evidenciam sua participação na rede internacional da arte conceitual a partir dos anos 1960.   Abertura: 19 de novembro de 2016, às 15h.   Centro Cultural São Paulo:  Rua Vergueiro, 1.000. Ter. a sex., 10h/20h; sáb. e dom., 10h/18h.

Marcelo Brodsky – Migrações

18.10.2016—20.11.2016
A partir do dia 18 de outubro, Marcelo Brodsky realiza a exposição individual "Migrações" no Paço das Artes no MIS. Na mostra, com curadoria de Priscila Arantes, o fotógrafo argentino recupera suas memórias pessoais para discutir a história coletiva de movimentos migratórios contemporâneos. Abertura 18 de outubro de 2016, à partir das 18h.   MIS: Av. Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo/ SP; terça a sábado: 12h às 20h; domingo: 11h às 19h

Marcelo Brodsky – Valongo Festival Internacional da Imagem

12.10.2016—16.10.2016
A exposição '1968, O fogo das ideias' de Marcelo Brodsky faz parte do Valongo Festival Internacional da Imagem, em Santos, SP. O festival realizado pelos mesmos idealizadores do Paraty em Foco, promete ocupar o Centro Histórico da cidade e se transformar em uma arena de discussão e reflexão sobre os diferentes aspectos da produção de imagens e narrativas visuais contemporâneas. O festival acontece entre 12 e 16 de outubro de 2016.   Valongo: Rua Tuiuti, 26. Valongo, Santos - SP

Rodrigo Garcia Dutra – Jornadas de Outubro: Inventando Geometrias, na EAV Parque Lage

04.10.2016—25.10.2016
Rodrigo Garcia Dutra participa das Jornadas de Outubro, na EAV Parque Lage, com a oficina "Inventando Geometrias". A programação especial do mês da criança contará com atividades propostas  pelo artista às terças-feiras ao longo do mês de outubro,  para crianças de 8 a 12 anos.   Inscrições Gratuitas. de 8 a 12 anos vagas limitadas (até 20 vagas) dias 4, 11, 18 e 25 de outubro (terças-feiras), das 14h às 17h   EAV Parque Lage: Rua Jardim Botânico, 414. Jardim Botânico. Rio de Janeiro - RJ Secretaria de ensino: 2334-4088 Segunda a quinta, das 11h às 19h30 Sexta, das 9h às 17h. Sábado, das 9h às 12h

Víctor Florido – Residência Artística da FAAP

10.09.2016—03.12.2016
Com obras em papel, Víctor Florido participa da exposição "Processos e Deslocamentos", mostra comemorativa dos 10 anos de existência da Residência Artística da FAAP. Esta será a primeira exposição de obras do acervo do museu incorporadas a partir das doações de artistas que passaram pela Residência Artística FAAP. A abertura ocorre sábado (10/09/16)  em paralelo ao Open Studio dos artistas que participam da atual residência artística. A exposição fica em cartaz até o dia 3 de dezembro de 2016.   Residência Artística da FAAP: Praça do Patriarca,78 - Sé 01002-010, São Paulo - SP

Wlademir Dias-Pino – 32ª Bienal de São Paulo

07.09.2016—11.12.2016
Wlademir Dias-Pino, um dos artistas precursores do movimento Poema-processo, participa da 32ª Bienal de São Paulo, Incerteza Viva. Em sua terceira participação nas bienais da cidade, o artista apresenta as obras 'Encoclopédia Visual Brasileira', 1970-2016, um inventário de imagens que compõe a iconografia própria ao artista, e 'Outdoors' 2015-2016, uma série de placas com abstrações geométricas produzidas a partir de paisagens, entre elementos arquitetônicos e hábitos sociais, dispostas em diversos pontos do Parque Ibirapuera.   Serviço   Fundação Bienal de São Paulo: Parque Ibirapuera - Av. Pedro Álvares Cabral, s/n - Ibirapuera, São Paulo - SP, 04094-000. A exposição fica em cartaz de 7 de setembro a 11 de dezembro de 2016 / ter, qua, sex, dom e feriados: 9h - 19h (entrada até 18h) / qui, sáb: 9h - 22h (entrada até 21h) Fechado às segundas / Entrada gratuita

Gustavo Speridião – MAM-Rio

03.09.2016—13.11.2016

Acontece agora, das 15h às 18h, no MAM-Rio, a abertura da exposição dos finalistas do prêmio Pipa 2016. Gustavo Speridião participa com a tela “Fora” de 2013. A obra, que foi parte  da mostra Imagine Brazil em São Paulo e das suas itinerâncias para Montreal, Canada, Lyon, França, Oslo, Noruega e da mostra “Here, There” em Doha, no Qatar, será exposta pela primeira vez no Rio de Janeiro.

A exposição fica em cartaz de 3 de setembro a 13 de novembro de 2016. O vencedor do Prêmio PIPA 2016 será anunciado no dia 9 de novembro.

Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro: Av Infante Dom Henrique 85, Parque do Flamengo 20021-140 Rio de Janeiro RJ Brasil.

Yasmin Guimarães – auroras: pequenas pinturas

20.08.2016—16.10.2016
Yasmin Guimarães participa da mostra "auroras - pequenas pinturas".  A exposição, organizada por Bruno Dunley  e Ricardo Kugelmas, abre a programação do espaço que busca abrigar projetos artísticos  e fomentar o diálogo entre artistas, críticos, curadores e o público em geral. A mostra reúne cerca de 75 trabalhos em pequeno formato realizados entre 1983 e 2016 por 26 artistas, como Leda Catunda, Dudi Maia Rosa, Paulo Pasta e Jac Leiner, e se divide em duas partes consecutivas. A Parte I, que contará com trabalhos de Yasmin, ocorre do dia  20 de agosto a 16 de outubro de 2016.   Serviço Abertura: 20 de agosto de 2016, das 14h às 19h. Espaço auroras: Av. São Valério, 426. Morumbi, São Paulo - SP.  

Martinho Patrício – MACC

21.07.2016—21.08.2016
Martinho Patrício participa da exposição "EM ESPERA", no MACC, Museu de Arte Contemporânea de Campinas. Com curadoria de Douglas de Freitas, a mostra pode ser visitada de terça a sábado das 10h às 18h, quintas das 10h às 22h, domingos e feriados das 11h às 15h. MACC - Museu de Arte Contemporânea de Campinas: Av. Benjamin Constant, 1633. Centro, Campinas - SP.

Marcelo Brodsky – Itaú Cultural

15.06.2016—07.08.2016
Com obras de Marcelo Brodsky, a exposição "Arquivo Ex Machina - Identidade e Conflito na América Latina" acontece a partir do dia 15/06 no Itaú Cultural em São Paulo. Com curadoria de Claudi Carreras e Itã Cannabrava, a mostra faz parte da programação do IV Fórum Latino-Americano de Fotografia de São Paulo, e reúne trabalhos de artistas que retratam, traduzem e ressignificam a América Latina e suas diversas identidades. A abertura ocorre quarta-feira, 15/06, à partir das 20h. Itaú Cultural, Avenida Paulista, 149, São Paulo - SP.

Gustavo Speridião – Kunsthal Kade

20.05.2016—28.08.2016
A partir do dia 20 de maio, Gustavo Speridião participa da exposição "Soft Power, Arte Brasil", que conta ainda com a presença de mais 35 artistas e coletivos contemporâneos brasileiros cujos trabalhos lidam com questões enfrentadas pelo país atualmente. A abertura acontece dia 20/05 das 16h às 18:30h, no Kunsthal Kade, Eemplein 77, 3812 EA Amersfoort (Eemhuis), Holanda. A exposição fica em cartaz até dia 28 de agosto.

Mapas, Cartas, Guias e Portulanos | Sala de Arte Santander

06.05.2016—06.05.2016
Guga Szabzon e Marcelo Brodsky na exposição Mapas, Cartas, Guias e Portulanos, com curadoria de Agnaldo Farias. A mostra apresentará mapas originais dos séculos XVI a XVIII pertencentes a Coleção Santander Brasil,  em diálogo com obras contemporâneas. Abertura sexta-feira 06 de maio 2016, das 18hs as 21h. Sala de Arte Santander, Av. Jucelino Kubitschek, 2235, térreo - São Paulo, SP.

Fábio Baroli – Centro Cultural do Banco do Nordeste

16.04.2016—16.04.2016
Exposição "Quando a seca entra" de Fábio Baroli no Centro Cultural do Banco do Nordeste, em Souza, na Paraíba. Nesta exposição ele nos apresenta uma série de pinturas constituídas em segmentos por telas independentes que podem se correlacionar, gerando ininterruptas narrativas visuais. Para cada composição, são utilizadas referências de fotografias analógicas antigas, de álbuns de família, e também imagens digitais. É um trabalho que traz imagens de cotidianos interioranos em diferentes lugares, tempos e gerações, em uma mistura de memórias que permitem dar a (re)conhecer aquilo que mora no imaginário de muitos.
Serviço: Quando a seca entra - Fábio Baroli Abertura - 16/04/2016 às 19hs Centro Cultural do Banco do Nordeste - Souza

Marcelo Brodsky – Imagination to power

17.03.2016—23.04.2016
A partir do dia 17 de março Marcelo Brodsky realiza a individual "Imagination to Power" na galeria Henrique Faria Fine Art em NY. Opening reception 17 de março das 18h às 21h, 35 East 67th St. 4th Floor. Período de exposição, 17 de março à 23 de abril.

Marcelo Brodsky | Jorge Tacla – Tufts University Art Gallery

21.01.2016—22.05.2016
Marcelo Brodsky vai apresentar uma performance e intervenção em seu mais recebte trabalho, uma parceria com Jorge Tacla na mostra "Upheaval: Marcelo Brodsky and Jorge Tacla” no Aidekman Arts Center nos Estados Unidos. Nesta mostra o artista apresentará os mesmos trabalhos que foram apresentados em sua última exposição na Galeria Superfície, em 2015.

Gustavo Speridião – Imagine Brazil

07.11.2015—13.03.2016
Gustavo Speridião participa da mostra Imagine Brazil na DHC/ART Foundation no Canadá. Com curadoria de Gunnar B. Kvaran, Hans Ulrich Obrist, Thierry Raspail e Cheryl Sim, o projeto consiste em mostrar a produção de jovens artistas brasileiros e suas principais referências. Portanto cada um dos jovens artistas pode convidar outro artista que lhe foi referência de alguma forma.

Fabio Baroli – Centro cultural banco do brasil

28.10.2015—21.12.2015
A exposição individual de Fabio Baroli, traz pinturas que teve sua trajetória artística marcada pela vivência em Brasília, Rio de Janeiro e Uberaba. A mostra inclui obras já realizadas e trabalhos feitos exclusivamente para o projeto a curadoria de Renata Azambuja – pesquisadora, crítica de arte e arte-educadora – alinha a poética visual do artista ao interesse pelos costumes e pela cultura das comunidades por onde passou.

Rodrigo Garcia Dutra – 10ª Bienal do Mercosul

23.10.2015—06.12.2015
Rodrigo Garcia Dutra participa da 10ª Bienal do Mercosul "Mensagens de Uma Nova América". Com abertura prevista para o dia 23.10 a mostra traz cerca de 400 artistas de 21 países selecionados pela equipe curatorial chefiada por Gaudêncio Fidelis. A exposição, cuja proposta é retomar uma das vocações históricas da Bienal do Mercosul, exibindo exclusivamente a produção artística dos países da América Latina, irá ocupar os seguintes espaços da Capital: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, Instituto Ling, Memorial do Rio Grande do Sul, Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli – MARGS, Santander Cultural e Usina do Gasômetro.

Marcelo Brodsky – MICHAEL HOPPEN GALLERY UK

08.10.2015—09.01.2016

VOCES LATIN AMERICAN PHOTOGRAPHY 1980 - 2015

Marcelo Brodsky, junto com Rosângela Rennó, Anna Bella Geiger, entre outros, participam da exposição "Voces Latin American Photography 1980 - 2015" na renomeada MICHAEL HOPPEN GALLERY em londres.   MICHAEL HOPPEN GALLERY - 3 Jubilee Place, London SW3 3TD

Andre Feliciano – SESC Carmo

24.08.2015—25.09.2015
A exposição "Cultivando a Filosofia da Fotografia" de André Feliciano fica na área de convivência do Sesc Carmo até o dia 25 de setembro. Visitação de segunda a sexta das 9h as 19h30.

Marcelo Brodsky – Maison Rouge, Paris

20.07.2015—20.09.2015
Marcelo Brodsky participa com a obra El Rio de la Plata na exposição, My Buenos Aires,  na Maison Rouge, Paris.

Guga Szabzon – UM NÓ DEVE TER DUAS IMPORTANTES QUALIDADES: PODER SE DESATADO FACILMENTE E, AO MESMO TEMPO, NÃO SE DESFAZER SOZINHO

25.04.2015—26.04.2015
Exposição Individual de Guga Szabzon Curadoria Gilberto Mariotti Casa Samambaia- Rua Gonçalo Afonso, 65 Dias 25 e 26 de abril de 2015 Das 11 as 18h

SP-ARTE 2015 | Stand SC 14

09.04.2015—12.04.2015
Preveiw 08.04.15 09.04 - 12.04.15 Pavilhão da Bienal Gate / Portão 3 Pq. Ibirapuera, São Paulo Imagem: Marcelo Brodsky - Fachada de AMIA. 2000 / 2015 - 86 x 64 cm, lapis dermartográfico sobre fotografia em papel algodão.

Imagine Brazil

12.03.2015—12.03.2015
Gustavo Speridião participa da mostra Imagine Brazil. A mostra itinerânte que já passou pelo Astrup Fearnley Museet, Musée d'Art Contemporain de Lyon e agora chega a São Paulo no Instituto Tomie Ohtake. Com curadoria de: Gunnar B. Kvaran, Hans Ulrich Obrist e Thierry Raspail a exposição é uma visão de fora do país através do panorama da cena emergente da arte brasileira. Cada um dos artistas convidados pelos curadores puderam, por sua vez, indicar outros artistas que consideram referencias para suas práticas. A mostras traz trabalhos selecionados, especialmente para a versão brasileira.

Marcelo Brodsky – ação visual

08.12.2014—08.12.2014
Marcelo Brodsky através da Fundación Latinstock[Argentina] e Tlachinollan – Centro de Derechos Humanos de la Montaña [México], além de diversas organizações latino-americanas de direitos humanos convocam uma ação

visual internacional em solidariedade às vitimas de sequestro e aos assassinatos que ocorreram em setembro passado em Iguala, estado de Guerreiro, México

Gustavo Speridião – mostra – Huna, Hunak: Here/There

03.12.2014—31.01.2015
Gustavo Speridião participa da mostra Huna, Hunak: Here/There no Museu Al Riwaq de Doha no Qatar a partir do dia 9 de novembro. A mostra, que é uma itinerância da exposição Imagine Brasil já passou por Oslo e Lyon e chega no Qatar com outra outro título e uma montagem diferente. Curada por Gunnar B. Kvaran, Hans Ulrich Obrist e Thierry Raspail a exposição ficará no museu até o dia 31 de janeiro de 2015.

André Feliciano – 9ª Residência Artística RedBull Station

29.09.2014—29.11.2014
A Galeria Transitória do Red Bull Station recebeu a primeira exposição dos seis recém integrantes da Residência Artística: Amanda Mei, André Feliciano, Arthur Arnold, Daniel Lie, Gustavo Torres e Ricardo Reis. A mostra coletiva marca o início da trajetória individual e conjunta do grupo como residentes da nona edição do projeto.

Fabio Baroli – mostra: Pintura e pictorialidade em Brasília 2000-2014

16.09.2014—01.11.2014
Fabio Baroli participa, até dia 1º de novembro, da mostra Pintura e Pictorialidade em Brasília 2000-2014, em cartaz no Espaço Cultural Marcantonio Vilaça, no Tribunal de Contas da União. A mostra apresenta 20 pintores de nova geração de artistas brasilienses.

Leonilson – Truth, Fiction

08.08.2014—09.11.2014
A Pinacoteca do Estado de São Paulo apresenta de 9 de agosto a 9 de novembro de 2014, no quarto andar da Estação Pinacoteca, a mostra 'Leonilson: Truth, Fiction'. Com curadoria de Adriano Pedrosa, a exposição reúne mais de 150 obras de José Leonilson (Fortaleza, 1957- São Paulo, 1993), entre pinturas, desenhos, bordados, objetos e uma instalação. Com trabalhos realizados a partir de 1987, e inclui a última peça concebida por Leonilson: a instalação montada na Capela do Morumbi em 1993

Fabio Baroli – MAM Rio de Janeiro – Prêmio Aquisição Marcantônio Vilaça Funarte

03.07.2014—14.09.2014
A ideia de incluir um conjunto de artistas e obras para concorrer ao edital foi a maneira encontrada pelo museu para o estabelecimento de uma política de aquisição através do prêmio, procurando preencher lacunas ou adquirir obras ainda não incluídas no acervo MAM – seja na coleção própria do museu, seja nas coleções Gilberto Chateaubriand e Joaquim Paiva que estão em comodato. A aquisição de obras de Ernesto Neto, Carlos Bevilacqua, Eduardo Coimbra, João Modé, Luiza Baldan, Guilherme Dable, Jimson Vilela e Fabio Baroli, trazem ao museu duas gerações distintas com um conjunto especial de trabalhos, qualificando assim o acervo do MAM-Rio.

Marcelo Brodsky – Palestra sobre o projeto Buena Memoria – Londres

16.06.2014—17.06.2014
Marcelo Brodsky fala sobre o projeto Buena Memoria em Londres na conferência Disappearance, Photography and Social Media dentro do projeto New Poetics of Disappearance: Narrative, Violence and Memory; com a professora Vikki Bell do Goldsmiths College e Cecilia Sosa (UEL) no Institute of Modern languages Research.

Gustavo Speridião – Imagine Brazil – Lyon

05.06.2014—17.08.2014
Imagine Brazil, apresentada no Astrup Fearnley Museet de Oslo, na Noruega abre no dia 5 de junho no MAC de Lyon, França. A mostra, um panorama da arte brasileira curada por Gunnar B. Kvaran, Hans-Ulrich Obrist e Thierry Raspail, apresenta o trabalho de 14 artistas jovens brasileiros, todos já com carreira internacional. A eles foi solicitado que convidassem um artista que fosse, para cada um, uma referencia. Gustavo Speridião apresenta quatro pinturas e um livro, e o artista convidado por ele, foi Carlos Zilio. Esta mostra ainda terá itinerâncias no Brasil, Qtar e Canadá.